Região

Vinícola de Mariópolis participa de festival em Curitiba

["O Sudoeste paranaense foi representado no festival pela vin\u00edcola RH, de Mari\u00f3polis"] (Foto: Reprodução / Facebook)

Nos dias 18 e 19 de maio, foi realizado no Museu Oscar Niemeyer (MON), em Curitiba, o Festival Vinopar do Vinho Paranaense. Promovido pela Associação dos Vitivinicultores do Paraná (Vinopar), o evento teve como objetivo promover a degustação de vinhos, gastronomia regional, palestras educativas e música.

Ao todo, 11 vinícolas estiveram expondo seus produtos durante o festival. O Sudoeste paranaense foi representado pela RH, de Mariópolis. Especializada em espumantes, a empresa expôs produtos elaborados pelo método tradicional de vinificação, de vinhedos cultivados em uma extensão de nove hectares no município.

Incentivo

Durante o festival ocorreu uma reunião entre o secretário da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara, e produtores do setor. Na oportunidade foi definido um plano estratégico para fortalecimento e ampliação da vitivinicultura no Paraná, o qual será elaborado em cerca de 30 dias.

Segundo Ortigara, o plano será construído por técnicos da secretaria, do Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) e do Instituto Agronômico do Paraná (Iapar), juntamente com os produtores.

“Nosso objetivo é levantar as dificuldades de cada elo desta cadeia produtiva e buscar soluções, incluindo as áreas de pesquisa, assistência técnica e incentivos para ampliação da área de plantio”, justificou.

O secretário lembra que atualmente a maior parte das uvas utilizadas para a produção de vinhos e sucos no Estado vem do Rio Grande do Sul. Contudo, o Paraná tem potencial para ampliar a produção. “Temos centenas de famílias que já produzem uvas. Temos qualidade, mas podemos crescer com incentivos, como o apoio à produção de mudas, além assistência técnica direta e o fornecimento de insumos para associações e cooperativas de agricultores familiares”.

Para o diretor da Vinopar, Fernando Rausis, as perspectivas são boas. “O Governo do Estado recebeu nossas sugestões de braços abertos e já saímos da reunião com a definição de um plano e com pessoas responsabilizadas para atuar nas questões relacionadas à tecnologia”.

Classificados