Pato Branco

Troca total de sinalização deve ocorrer em duas semanas

Orientação para os motoristas é que fiquem atentos à sinalização (Foto: Helmuth Kühl)

Iniciou-se na semana passada a substituição das placas de sinalização das rodovias federais entre Pato Branco e Candói [BRs-158 e 373].

Inicialmente algumas placas foram colocadas de forma equivocada, sendo substituídas já no início desta semana, como o Diário do Sudoeste relatou na terça-feira (10). No entanto, o trabalho das equipes que realizam a troca da sinalização vertical segue.

Nessa sexta-feira (13), o chefe do escritório de Pato Branco do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Hélio Gomes da Silva Júnior, informou que toda a troca das placas deve levar mais duas semanas.

Assim como o Diário foi questionado pelos leitores quanto à sinalização no trecho do radar eletrônico da BR-158, nas proximidades do estádio Os Pioneiros, onde no sentido posto da Polícia Rodoviária Federal ao trevo da Taísa existem duas velocidades indicadas, o chefe do Dnit, também foi interrogado.

De acordo com Hélio, o trecho segue tendo velocidade delimitada de 60km/h. E que nos próximos dias todas as irregularidades observadas na colocação das placas serão ajustadas.

No início da semana, ele afirmou que o novo conjunto de sinalização vertical tem uma refletância (capacidade de enxergar as placas tanto à noite como durante o dia) é maior. “Já estávamos com a sinalização defasada. Com o tempo as placas vão caindo, sumindo e perdendo a vida útil”, disse Hélio, enfatizando que 100% das placas do trecho de Pato Branco a Candói serão substituídas.

Fazem parte da nova sinalização vertical, mudanças de velocidade em alguns pontos, ainda segundo o chefe do escritório do Dnit, o trabalho é de evitar mudança de sentido (como tinha ocorrido equivocadamente na sexta). “As alterações são poucas, mas são em favor da segurança, assim pedimos aos condutores que fiquem atentos às mudanças de sinalização ao que diz respeito à velocidade”, comentou o chefe do Dnit na oportunidade ao enfatizar que em sua grande maioria o trabalho é de troca e placas apenas.