Brasil

Testemunha da morte de jovens na zona oeste de SP vai receber proteção

A garota de 17 anos que testemunhou a morte de quatro adolescentes, no sábado, 6, em um suposto confronto com policiais militares no Jaguaré, na zona oeste de São Paulo, foi encaminhada ao Programa Estadual de Proteção a Vítimas e Testemunhas (Provita), da Secretaria Estadual da Justiça. <

Atenção! Você já atingiu o limite diário de visualização de notícias. Torne-se um assinante!

Classificados