Brasil

Suspeito de estupro que se passava por policial é reconhecido por 14 mulheres

Adson Muniz Santos, de 35 anos, preso suspeito de ter se passado por um policial federal para sequestrar e estuprar uma mulher na região dos Jardins, em São Paulo, foi reconhecido por 14 novas vítimas. As mulheres procuraram a polícia para informar que foram atacadas pelo acusado. Elas o reco

Atenção! Você já atingiu o limite diário de visualização de notícias. Torne-se um assinante!

Classificados