Pato Branco

Sexta-feira tem buchada da Festa de São Pedro

Voluntários preparam o bucho para servir na sexta-feira (15), primeiro dia de buchada de São Pedro (Foto: Helmuth Kühl)

Será nesta sexta-feira (15) o primeiro dia de buchada da Festa de São Pedro, realizada pela Paróquia São Pedro Apóstolo de Pato Branco, que segue até o dia 29, dia do padroeiro e feriado municipal. A buchada será servida a partir das 14h, no pavilhão São Pedro, localizado na rua Tocantins, atrás da Igreja Matriz São Pedro Apóstolo, no centro da cidade.

Mas para que o alimento esteja saboroso e em quantidade suficiente para atender a demanda na sexta-feira, desde essa quarta (13) os voluntários trabalham nos preparativos, como cozimento e corte do bucho e dos outros ingredientes, como tomate e cebola.

A buchada será vendida apenas na hora, conforme explicaram os coordenadores da festa, Rafael Gugelmin e Henrique Rizzon, que juntos lideram as equipes de voluntários.

Porém, quem não conseguir compra-la nesta semana, poderá adquiri-la na semana que vem, pois no dia 22 (sexta-feira) também haverá buchada de São Pedro, servida no mesmo local e horário. A medida tem evitado transtornos e permite que mais pessoas tenham acesso. No total serão preparados 3 mil quilos de buchada, sendo 1.500 quilos por dia de venda. Também terá venda de cucas.

A festa segue no dia 16 (sábado) com um jantar especial denominado Mangia Bene, em estilo italiano, às 20h, com venda de ingressos antecipados na Paróquia.

Após o segundo dia de buchada, no dia 22, o tradicional Coste-leitão será servido ao meio-dia do dia 24 (domingo). Os kits contendo costela de gado, carne suína e outros acompanhamentos servem mais de 20 pessoas e devem ser comprados antecipadamente.

Quitutes

O pastel é outro quitute tradicional da Festa de São Pedro, cuja massa começou a ser preparada no dia 15 de maio, um mês antes do início das festividades.

A expectativa dos organizadores é vender 35 mil pastéis ao longo da festa. Para isso foi utilizada cerca de 2.000 kg de farinha de trigo. Cada unidade será vendida por R$ 3, nos sabores: carne, queijo, pizza, palmito, chocolate, banana e prestígio.

Quentão

Também tem quentão tradicional da Festa de São Pedro e, apesar da determinação da Diocese de Palmas e Francisco Beltrão de que não sejam comercializadas bebidas alcoólicas nas festas paroquiais, após recomendação da Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), o sabor do quentão de São Pedro está garantido.

Rafael explicou que a bebida passou pelo processo de análise e a nova receita foi aprovada. Segundo ele, com os testes a equipe conseguiu chegar a uma receita diferente, com teor alcóolico de 0,1% de álcool, mas que mantém o sabor do quentão original.

Como segundo o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) índices abaixo de 0,5% de álcool são considerados não alcóolico, a receita foi aprovada e será servida na festa.

Festejos

De 23 a 29 de junho haverá vários festejos no pavilhão São Pedro, com venda de comes, bebes, jogos, bingo e diversão para toda a família. Além dos pastéis, haverá pipoca, pinhão, amendoim, cachorro-quente, quentão, bolos, doces e demais comidas típicas juninas.

Churrascada de São Pedro

No dia 29 (sexta-feira), feriado municipal em homenagem ao padroeiro São Pedro, ao meio-dia, será servida a tradicional churrascada de São Pedro, que encerra as festividades. O churrasco é vendido por espeto, com cortes de gado, como alcatra, costela e filé, pesando entre 3kg e 3,5kg. A reserva das carnes deve ser feita com antecedência.