Cotidiano

Salvador decreta emergência em áreas afetadas por chuvas

SÃO PAULO, SP - O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), assinou na noite de terça-feira (28) decreto que declara situação de emergência nas regiões mais atingidas pelas chuvas que causaram mortes e deixaram desabrigados na cidade. As regiões em situação de emergência são Cajazeiras, Subúrbio, Liberdade e Pau da Lima. O decreto possibilita mais agilidade da prefeitura na recuperação das regiões atingidas pelos deslizamentos de terra ocorridos nos últimos dois dias. Quinze pessoas morreram soterradas --11 na comunidade do Barro Branco, na avenida San Martin, periferia da capital, e quatro na comunidade do Marotinho, no bairro de Bom Juá, também na periferia. A Defesa Civil de Salvador registrou 372 ocorrências até o final da tarde de terça-feira (28). Os bairros com maior número de chamadas foram São Marcos, São Caetano, Tancredo Neves, Liberdade Bom Juá, Fazenda Grande do Retiro, Pau da Lima, São Gonçalo do Retiro, Boca do Rio e Capelinha de São Caetano. Os moradores de áreas atingidas por deslizamentos são encaminhados para abrigos e receberão auxílio-moradia. As famílias também poderão sacar até R$ 6.300 do FGTS. Salvador tem cerca de 600 áreas consideradas de risco. Segundo o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), pancadas de chuva podem atingir a cidade até quinta-feira (30).
Classificados