Política

Richa réu pela terceira vez

(Foto: Arquivo Diário do Sudoeste)

O ex-governador do Paraná Beto Richa, pela terceira vez se tornou réu em ação da Operação Quadro Negro. Nessa segunda-feira (15), o juiz Fernando Bardelli Silva Fischer, da 9ª Vara Criminal de Curitiba, acolheu a denúncia contra o tucano pelos crimes de corrupção passiva e de dar causa à vantagem indevida na execução de contrato de licitação.

“Verifico a existência da justa causa para exercício da ação penal, consubstanciada nos elementos indiciários e elementos de prova que instruem os autos e que representam lastro probatório da materialidade e de indícios suficientes de autoria dos delitos atribuídos ao denunciado”, escreveu o juiz, segundo a Gazeta do Povo

O ex-governador já é réu em outras duas ações penais oriundas da mesma operação, que apura desvio de dinheiro em contratos feitos pela Secretaria de Educação, na construção de escolas no período e 2011 e 2014.

Classificados