Pato Branco

Regional de Saúde realiza encontro de troca de experiências

["Integrantes das secretarias de sa\u00fade dos munic\u00edpios estiveram reunidos para troca de experi\u00eancias ",""] (Foto: Marcilei Rossi)

Reunindo, prefeitos, secretários municipais de Saúde, e trabalhadores da área, a 7ª Regional de Saúde promoveu em Pato Branco nessa quinta-feira (9), encontro de troca de experiências, que contou com a participação ainda do secretário Estadual de Saúde, Antônio Carlos Figueiredo Nardi.
Segundo a chefe da 7ª Regional, Salete Mafioletti Kozelinski, a própria proposta do encontro foi selecionar experiência que estão dando devolutivas positivas nos municípios e repassar, aos demais integrantes da regional. 
Ao todo foram onze experiências compartilhadas entre os municípios (duas de Coronel Vivida, quatro de Pato Branco, uma de Chopinzinho, duas de Mangueirinha, uma de Clevelândia e uma de Mariópolis).
“Essa troca de experiência, nos auxilia em estar repassando alternativas a outros municípios que possam estar enfrentando a mesma necessidade”, disse Salete, falando, que as experiências selecionadas, “mostram que tem caminhos diferentes para atingirmos resultados positivos em saúde.”
Entre os temas compartilhados, saúde bucal, saúde do homem, aleitamento materno, certificação em saúde e saúde mental.
Prefeito anfitrião, Augustinho Zucchi falou da importância da medicina pública e das dificuldades que os municípios enfrentam no atendimento da população.
O secretário de Saúde, Antônio Carlos Figueiredo Nardi, disse que a troca de experiências entre as secretarias contribui para o desenvolvimento da saúde na região.
Nardi também chamou a atenção no mês de agosto para as campanhas de saúde do homem e de aleitamento materno. “É importante que o homem se cuide, que ele esteja preocupado com sua saúde e realize seus exames preventivos” disse o secretário, falando que os homens necessitam da mulher no cuidado com a saúde, principalmente no que diz respeito incentivar e cobrar a prevenção. “Se isso não acontecer, o mito e a masculinidade machista afastam a população masculina do cuidado em saúde.”
Com relação ao agosto dourado, Nardi falou no cuidado que a mulher deve ter na preparação durante o período gestacional para poder amamentar seu filho com qualidade.
Falando do trabalho dos agentes comunitários, o secretário, destacou a importância do pré-natal, do cuidado com a saúde bucal das gestantes, tratamento psicológico para que a gestante tenha o preparo de cuidar do recém-nascido.
Ele ainda enfatizou a necessidade de trabalho de imunização de crianças de um a cinco anos incompletos, contra sarampo e poliomielite. “Tem vacina suficiente para que todos os municípios possam otimizar gastos, utilizando todas as doses”, disse.

Classificados