Pato Branco

Profissionais de saúde participam de capacitação para combate ao tabagismo

Evento aconteceu em Pato Branco e reuniu representantes dos 15 municípios de abrangência da 7ª Regional de Saúde
No Centro de Eventos em PB, profissionais de saúde debatem ações para melhorar o combate ao tabagismo (Foto: Helmuth Kühl)

Na semana passada aconteceu em Pato Branco, no Centro de Eventos do Parque de Exposições, uma capacitação voltada ao combate do tabagismo. Promovido pela Secretaria de Estado da Saúde, por meio da 7ª Regional de Saúde, o encontro contou com a participação de 200 profissionais de saúde, das diversas categorias, entre médicos, enfermeiros, psicólogos, fisioterapeutas, nutricionistas, odontólogos.

No Centro de Eventos em PB, profissionais de saúde debatem ações para melhorar o combate ao tabagismo

De acordo com a psicóloga Cristiane Rocha Kaminski Geraldeli, da coordenação da seção de atenção primária à saúde da 7ª Regional, o principal objetivo do encontro foi capacitar às equipes multiprofissionais sobre os cuidados no tratamento e atendimento das pessoas tabagistas.

“O foco principal é o cuidado aos grupos de apoio e incentivar a ampliação de Unidades Básicas de Saúde e Equipes da Atenção Primária à Saúde na gestão, atenção e estratificação de riscos, deixando o tabagista no centro das nossas ações. Durante o evento foram discutidas as abordagens de sensibilização e incentivo nas mudanças de hábito do paciente e da família durante o tratamento”, declarou.

Contra o vício

As capacitações servem para mobilizar as equipes e melhorar o atendimento, porém, muito já é desenvolvido pelos municípios para a recuperação dos pacientes, como explicou a psicóloga.

“O tratamento pode ser individual ou em grupo, com avaliação clínica e, em alguns casos, com auxílio de terapia medicamentosa e dura cerca de um ano. A Secretaria de Estado da Saúde realiza, através da 7ª Regional de Saúde, o monitoramento e apoio aos municípios para a formação de grupos. Todas as ações desenvolvidas pelos municípios seguem as diretrizes estabelecidas pelo Programa Nacional de Combate ao Tabagismo, instituído pelo Ministério da Saúde.”

Ainda, conforme Cristiane, a 7ª Regional contava com três municípios que realizam as ações de grupo em unidades básicas. A capacitação é de grande importância à região, porque motiva novos profissionais a participar do atendimento direcionado ao tabagismo no serviço público.

“Com este encontro foi possível capacitar profissionais dos 15 municípios da regional, que poderão, a partir de agora, criar grupos de apoio a tabagistas nas Unidades Básicas de Saúde, sempre com equipe multiprofissional, dos Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NASF), Atenção Primária à Saúde e do Programa Academia da Saúde.”

Ao todo, foram capacitados profissionais dos 15 municípios de abrangência regional (Bom Sucesso do Sul, Chopinzinho, Clevelândia, Coronel Domingos Soares, Coronel Vivida, Honório Serpa, Itapejara D'Oeste, Mangueirinha, Mariópolis, Palmas, Pato Branco, São João, Saudade do Iguaçu, Sulina e Vitorino).

O tabagismo é o ato de consumir cigarros ou outros produtos que contenham tabaco, cuja droga ou princípio ativo é a nicotina. A Organização Mundial da Saúde (OMS) afirma que deve ser considerado uma pandemia, ou seja, uma epidemia generalizada e como tal precisa ser combatido.