Pato Branco

Proerd forma mais de 300 alunos da rede municipal em Pato Branco

Estudantes dos 5º anos de dez instituições de ensino receberam o certificado de conclusão do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência na noite desta terça-feira (15)
Em noite festiva, alunos da rede municipal de ensino de Pato Branco se formam no Proerd (Foto: Helmuth Kühl)

Depois de dois anos, o Proerd (Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência), retornou às escolas municipais de Pato Branco – neste primeiro momento, o programa atende dez instituições da rede municipal de ensino. Nesta terça-feira (15), aconteceu a cerimônia de formatura de 358 crianças. Os estudantes dos 5º anos, das escolas Alvorada, Gênesis, Gralha Azul, Irmã Dulce, São João Batista de La Salle, Santos Dumont, São Cristóvão, União, Veneza e Vila Verde, receberam o certificado de conclusão do Proerd, entregue em evento festivo no ginásio de esportes do Sesi.

De acordo com sargento Joice, o programa que retornou ao município, graças ao convênio firmado entre secretaria de Educação e secretaria estadual de Segurança Pública, com policiais militares do 3º Batalhão de Polícia Militar (3º BPM) tem como principal objetivo fazer com que as crianças entendam o lado ruim das drogas e saibam dizer.

“O programa é dividido em dez lições, abordando com os alunos o tema das drogas, álcool e cigarro, e a principal meta é que esses meninos e meninas saibam tomar decisões acertadas, aprendendo a dizer não, porque em algum momento da vida a droga irá aparecer. O Proerd ensina algumas estratégias para que os alunos se desviem desse caminho, e que valorizem a família e saibam escolher bons amigos.”

Segundo sargento Joice, o programa em Pato Branco está sendo aplicado apenas para os 5º anos, mas o Proerd é muito mais amplo. Contempla alunos da pré-escola, do 5º ano, 7º ano e também há o programa para os pais. “Em virtude de falta de efetivo, optamos em fazer aos 5º anos, mas o programa é extremamente completo, e o resultado é excelente em longo prazo, já que é o trabalho preventivo da polícia feito diretamente com os estudantes e suas famílias.”

Programação festiva

A noite desta terça-feira significa o fechamento de um ciclo, e com chave- de-ouro, como salientou sargento Joice. “O evento contou com uma cerimônia especial, e ficou marcado na memória dos alunos. As crianças fizeram o juramento de permanecer longe das drogas, e neste ano, optamos em colocar padrinhos para cada formando; será uma pessoa que ao lado dos pais, poderá ajudar ainda mais na caminhada dessas crianças.”

No evento também foram lidas as duas redações premiadas do Proerd. Sargento Joice explicou que a última lição do programa era justamente redigir uma redação sobre o que aprenderam. Todos os alunos dos 5º anos, das dez escolas selecionadas, participaram. As professoras escolheram as 15 melhores, e, entre essas, duas receberam a premiação e representaram as demais na cerimônia de formatura.

Em Pato Branco, o Proerd é ministrado nas escolas pela policial militar Luciana Savitski. Para 2019, a expectativa é que o programa se mantenha, e deverá abranger todas as escolas municipais, nas turmas de 5º anos. Sargento Joice reforçou que a formatura não é o fim, mas o início do caminho. “Queremos que eles, quando cresçam, olham para o certificado que receberam e que se lembre de todos os ensinamentos, propagando a mensagem à sociedade.”