Pato Branco

Presidente do Creci-Pr realiza roteiro no Sudoeste

“Quando se abre um empreendimento novo, um loteamento, vem as escolas, vem o hospital, vem o mercado, vem toda a estrutura. E isso passa pelo corretor de imóveis”, Luiz Castegnaro – Presidente do Creci PR
["Gilmar Arcari, delegado regional, e Luiz Castegnaro, presidente do Creci"]

O presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci), 6ª Região – Paraná, Luiz Celso Castegnaro, esteve recentemente no Sudoeste, onde realizou um roteiro de trabalho em municípios como Planalto, Francisco Beltrão e Pato Branco. “Nós assumimos a presidência do conselho em janeiro com o propósito de valorização profissional, e isso passa pelo conhecimento de como está o mercado. Então a gente está indo até o corretor para saber como está o trabalho”, explicou.

Ele diz ainda que o intuito também é aproximar os corretores da entidade, e buscar informações para analisar de forma mais aprofundada o mercado imobiliário regional. Por conta do início recente do mandato e do circuito de trabalho, Castegnaro diz que ainda é cedo para realizar um diagnóstico preciso. “O mandato passa muito rápido, e se a gente não percorrer o estado, você acaba não sabendo o que está acontecendo”, comenta o presidente.

Castegnaro disse ainda que a entidade tem esclarecido os profissionais a respeito da tabela de honorários. “No Paraná ela estava em 5%, na questão de vendas, e de 8% a 10% na questão de administração. Essa tabela foi proibida, não só na nossa profissão, mas em todas. O Ministério Público nos chamou e fizemos um acordo, onde ficou ajustado que nós teríamos de reunir os corretores e explicar para eles sobre a tabela, pois muita gente ainda não sabe disso”, detalhou.

O presidente avaliou que o diálogo presencial tem um efeito positivo. “A gente está vendo como um ponto muito positivo a presença da nossa equipe, do nosso jornalista, dos nossos delegados, conselheiros junto com o corretor. A gente está orientando eles também para que entrem no site e acompanhem a nossa programação”.

Mercado

O presidente do conselho avaliou o atual contexto do mercado imobiliário como positivo, além de ter boas perspectivas. “Eu tenho muita convicção de que nosso mercado vai deslanchar mais do que já está”, comentou.

Ele embasa sua opinião no número de empreendimentos que tem percebido pelo estado. Castegnaro analisa também como o desenvolvimento do ramo se relaciona com o crescimento das cidades. “Quando se abre um empreendimento novo, um loteamento, vem as escolas, vem o hospital, vem o mercado, vem toda a estrutura. E isso passa pelo corretor de imóveis”.

Classificados