Opinião

Por que ser Data Driven?

Antes de responder à questão é necessário esclarecer esse termo: data driven é ser uma empresa orientada por dados, não se restringindo apenas a trabalhar com Big Data, mas com dados oriundos de diferentes fontes internas e externas, quantitativos ou qualitativos. Tendo-os como aliados eles ajudarão a entender e prever tendências de mercados, comportamentos de clientes, identificar padrões e correlações, otimizar a construção de soluções de negócios, além de propiciar maior assertividade nas decisões estratégicas.

Existem diferentes níveis de maturidade em relação ao uso de dados:

Básico: Análise de informações a partir de documentos físicos e nada mais. Não utiliza banco de dados e tecnologia Cloud.

Médio: Uso de sistemas eletrônicos para gerenciar as informações de toda a empresa. Utiliza planilhas e computação na nuvem;

Sistemático: Análise de documentos de forma esporádica. Usa banco de dados e sistemas eletrônicos como ERP para troca de informações.

Diferenciador: Análise de dados diária onde dados podem (ou parecem) ser aplicáveis. Setores mais burocráticos acabam não entrando nas análises;

Avançado: Empresa totalmente orientada por dados, que enxerga todo o conteúdo gerado como aliado das estratégias de negócios.

A CappraLab elaborou dez dicas para adotar uma cultura de negócios orientada por dados:

Cerque-se de gente analítica

A informação precisa estar à vista

Mudar para data-driven vai incomodar

Data-driven não gera resultado a curto prazo

Elimine 60% dos relatórios de sua empresa

Investir em TI não é investir em analytics

Volume de dados não significa eficiência analítica

Toda reunião precisa ter dados na mesa

Informação self-service é obrigação

Cultura analítica não se compra

Enfim, ser uma empresa Data Driven é usar inteligência e a ciência de dados que temos a disposição, posicionando-se numa constante observação do cenário dos negócios. Essa combinação permite o entendimento sobre os principais pontos do universo Data, além de levar qualquer empresa a melhores análises de contextos, ou seja, a conhecer a importância dos dados e da aplicação de inteligência na interpretação desses - fatores essenciais para se ter sucesso no mundo atual.


Mestre em Administração e Negócios, especialista em Inteligência e Gestão Estratégica, professora universitária, pesquisadora e consultora. Contato: [email protected]

Classificados