Segurança

Polícia combate crimes ambientais em Capanema

As sete armas apreendidas durante a operação realizada em Capanema (Foto: Divulgação)

Uma Força Tarefa formada por policiais federais de Foz do Iguaçu, policiais militares da 4ª Companhia de Capanema e do Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFron), policiais da Força Nacional e fiscais do ICMBIO, deflagraram na manhã de quinta-feira (18) a Operação Taquara. O trabalho teve por objetivo combater crimes ambientais e desarmamento em Capanema.

Conforme informações do BPFron, foram cumpridos seis mandados de busca e apreensão expedidos pela Vara Criminal de Capanema. As buscas resultaram na prisão de quatro pessoas, sendo três autuadas em flagrante por posse de armas de fogo sem documentação legal e com alterações estruturais e a outra autuada em Termo Circunstanciado por posse de drogas. Além das prisões, foram apreendidas na operação sete espingardas, 300 munições de vários calibres e materiais de pesca predatória.

Essa foi mais uma ação de policiamento de fronteira realizada conjuntamente pela Polícia Federal, Polícia Militar e Força Nacional na Região da fronteira Sudoeste paranaense. As quatro pessoas presas, armas munições e demais objetos, foram conduzidos à Delegacia de Polícia de Capanema para as providências legais cabíveis ao caso.

Classificados