Pato Branco

Peça do Grupo Neelic tem sessão gratuita no Sesi Pato Branco

Com mais de 15 anos de dedicação ao teatro performativo, o grupo gaúcho Neelic (Núcleo de Estudos e Experimentação da Linguagem Cênica) chega a Pato Branco com uma de suas montagens mais consagradas: Capital.
O espetáculo é inspirado em conto de Hermann Melville, autor de Mobi Dick (Foto: Marcio Garcia)

Com mais de 15 anos de dedicação ao teatro performativo, o grupo gaúcho Neelic (Núcleo de Estudos e Experimentação da Linguagem Cênica) chega a Pato Branco com uma de suas montagens mais consagradas: Capital.

A peça, ao adaptar um texto de Hermann Melville à realidade brasileira, faz uma homenagem ao pedreiro Amarildo – desaparecido em 2013 após ser detido por policiais militares no Rio de Janeiro. O espetáculo, indicado ao Troféu Açorianos, terá sessão única no Teatro Sesi Pato Branco nesta sexta-feira (10).

Um escrivão solitário e melancólico, chamado Bartleby, desiste da vida e se entrega à única lógica que lhe faz sentido: a da negação. Tudo começa quando, de uma hora para a outra, ele passa a dizer não a todos os pedidos de seu patrão. Desde então, misteriosamente, cada vez mais recusa todas as solicitações que lhe são feitas até chegar a um fim extremo.

O enredo acima descreve a trama do conto “Bartleby, o Escrivão”, um conto publicado em 1853 de autoria do norte-americano Hermann Melville, também escritor de clássicos como Mobi Dick. A montagem do Grupo Neelic é livremente inspirada na obra, adaptando o contexto descrito por Melville à sociedade brasileira da atualidade.

De Nova York para Porto Alegre, de Bartleby para Amarildo. A essência da montagem brasileira é a mesma: a ideia é questionar as relações e comportamentos em sociedade e as consequências sociais das pequenas ações individuais. De acordo com a companhia, tanto Bartleby quanto Amarildo desestruturam o sistema viciado no qual estão inseridos. O personagem original de Melville o faz pela ausência de ação e Amarildo pela ausência de palavra.

A peça “Capital” estreou em 2016 tendo sido contemplada pelo edital FAC (Fundo de Apoio à Cultura), via Pró-Cultura. No mesmo ano de sua estreia, foi indicada ao Troféu Açorianos, premiação da Secretaria de Cultura de Porto Alegre. Em Pato Branco, a apresentação acontece às 19h e a entrada é franca. O Sesi Cultura Paraná pede a doação voluntária de 1kg de alimento não perecível na ocasião.

SERVIÇO:

Sesi Cultura Paraná apresenta espetáculo “Capital”, do Grupo Neelic

Data: 10 de agosto

Horário: 19h (Duração: 1 hora)

Classificação indicativa: livre

Valor: entrada franca. O Sesi Cultura Paraná pede a doação voluntária de 1kg de alimento na ocasião

Local: Centro Cultural Sesi Pato Branco

Observação: retirar ingresso com uma hora de antecedência (espaço sujeito a lotação)