Segurança

Paraná não terá Lei Seca durante as eleições

Mais uma vez o Paraná não vai ter Lei Seca nas eleições. O Governo do Estado decidiu que não vai publicar portaria para proibir a venda e o consumo de bebida alcoólica por 24 horas neste domingo (7), dia de votação no primeiro turno.

A decisão atende a um ofício encaminhado pela Associação Brasileira de Bares e Casas Noturnas (Abrabar) e outras entidades que representam o comércio e o turismo. O documento foi protocolado no dia 12 de setembro na Secretaria de Estado da Segurança Pública.

Conforme o major Getúlio Ferreira de Lima, que está respondendo pelo comando do 3º Batalhão da Polícia Militar (3º BPM) de Pato Branco, apesar da Secretaria de Estado da Segurança Pública não ter emitido a resolução da Lei Seca proibindo a comercialização de bebidas alcoólicas durante as eleições, a própria Lei Eleitoral determina a não perturbação nos locais de votação. Caso alguma pessoa embriagada passar a perturbar, será retirada do local de votação.

O major Getúlio acrescentou que em eleições anteriores já não houve a proibição da venda de bebidas alcoólicas e não teve problemas na área de abrangência do 3º BPM. Ele acredita que, como as eleições são a nível estadual e Nacional, a votação será tranquila, pois geralmente as eleições municipais que são mais acirradas.

De acordo com o major Getúlio, a Polícia Militar fará policiamento em locais de votação de todos os municípios do Paraná. Além de manter a ordem pública, os policiais irão combater a compra de votos, seja com dinheiro ou entrega de cestas básicas na véspera das eleições, bem como a propaganda de boca de urna.

Classificados