Pato Branco

Notas 12/07/2018

''Café Colonial da Capela Nossa Senhora Aparecida'', ''Curso de introdução a Libras na UTFPR'' e ''Projeto 'Julho Dourado' é aprovado no Legislativo''

Café Colonial da Capela Nossa Senhora Aparecida

Será neste sábado (14), das 17h às 21h30, o 2º Café Colonial da Capela Nossa Senhora Aparecida do bairro Novo Horizonte, de Pato Branco, em prol da construção da igreja.

De acordo com Jeferson Augusto Vilhalva, presidente do Conselho Pastoral da Capela Nossa Senhora Aparecida, que pertence à Paróquia Cristo Rei, os voluntários estão preparando vários pratos caseiros, como bolos, geleias, bolachas, pães, polenta, salame, queijo na chapa e outras comidas coloniais, além de chás, café, leite, chocolate quente e suco de laranja, uma das novidades desta edição.

É preciso levar pratos e talheres. O ingresso custa R$ 25 e pode ser adquirido na Paróquia ou diretamente com Jeferson, através do telefone 98801-9246. Crianças até 5 anos não pagam, entre 5 e 11 anos pagam meio ingresso e a partir de 11 anos pagam ingresso inteiro.

No ano passado foram vendidos 600 ingressos e para este ano a expectativa dos organizadores é superar essa marca. Interessados em colaborar com o evento podem doar ingredientes como peças de queijo, litros de leite, farinha de trigo, laranjas, salames ou outros itens necessários para o preparo dos pratos.

 

Curso de introdução a Libras na UTFPR

A Diretoria de Graduação e Educação Profissional (Dirgrad) informa que estão abertas inscrições para o curso de Introdução à Libras. O curso será ministrado pelo professor Heron da Silva e tem a carga horária de 10 horas (12 horas-aula).

O curso inicia no dia 13 de julho e segue até o dia 25 de julho, das 16h às 17h40 no campus da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR). Ele é gratuito e aberto para servidores e alunos. Inscrições pelo telefone (46) 3220-2556.

 

Projeto “Julho Dourado” é aprovado no Legislativo

O Plenário do Legislativo aprovou, na segunda-feira (9), o projeto de lei, de autoria da vereadora Marines Boff Gerhardt (PSDB), que institui em Pato Branco, o Julho Dourado. Segundo a vereadora, o mês é dedicado à reflexão e promoção de eventos sobre a saúde de animais de rua, animais domésticos de estimação e a importância da prevenção de zoonoses, a ser realizado anualmente durante o mês de julho.

“O objetivo é trazer maior consciência sobre cuidados e abandono de animais domésticos, bem como suscitar o debate”, ressalta Marines, ainda, promover ações que gerem qualidade de vida aos animais.

Além disso, pontua da vereadora, a questão dos animais domésticos e animais de rua precisa ser abordada, já que o município conta com uma população acentuada de animais abandonados, especialmente cães e gatos. O projeto tramita com pareceres pela aprovação das comissões de Justiça e Redação, Políticas Públicas e de Finanças e Orçamento.

Classificados