Pato Branco

Nota Paraná destinou mais de R$ 520 mil a entidades de Pato Branco

SOS Vida foi a entidade de Pato Branco que mais recebeu recursos em 2018 (Foto: Helmuth Kühl)

Criado em 2015, o programa do governo estadual Nota Paraná destinou a entidades cadastradas e ativas de Pato Branco, pouco mais de R$ 522 mil em 2017.

O montante segundo levantamento no site do programa, corresponde ao repasse para oito entidades — Associação Missão SOS Vida; APAE; Fundabem; Lar dos Idosos São Vicente de Paulo; Associação dos Amigos de Prevenção do Câncer (Gama); Associação Silva de Taekwondo; Associação Basquetebol Arte de Pato Branco e ISSAL (Instituto São Lucas).

Entre essas entidades que receberam os recursos, o SOS Vida é a que mais teve destinação, R$ 232.440,69 — R$ 42.730 via sorteios e R$ 189.710,69 de créditos.

Em 2017, foram apesentadas mudanças nas regras do programa. Onde a principal exigência passou a ser o título de utilidade pública estadual, que é concedido pela Assembleia Legislativa do Estado do Paraná (Alep), além de comprovação de endereço das entidades.

Em outubro quando Marta Gambini, coordenadora estadual do programa esteve em Pato Branco ela destacou que as mudanças das regras foram criadas para monitorar e computar o número de atendimentos das cinco esferas a que é possível cadastramento (Saúde, Assistência Social, Defesa e Proteção Animal, Desportiva e Cultural).

Microrregião

Nos municípios da microrregião de Pato Branco, 31 entidades recebem recursos do programa estadual, em sua maioria elas se enquadram na esfera Assistência Social. Juntas elas receberam em 2017, R$ 1.189.080,06.

Marta destaca que as entidades que desejam aderir ao cadastro devem procurar as secretarias que atende cada esfera.