Pato Branco

Nossa Escola oferece bolsas de estudos para alunos do ensino fundamental 1

O programa de concessão concederá bolsas de estudos integrais (100% da anuidade) e parciais (50% da anuidade) aos alunos cujas famílias se enquadrem em condições socioeconômicas desfavoráveis previstas na lei 12.201/09
O programa de concessão concederá bolsas de estudos integrais (100% da anuidade) e parciais (50% da anuidade) aos alunos cujas famílias se enquadrem em condições socioeconômicas desfavoráveis previstas na lei 12.201/09 (Foto: Helmuth Kühl)

Há 31 anos, a Sociedade Educacional Nossa Escola mantém um projeto educacional diferenciado em Pato Branco. A instituição privada sem fins lucrativos está localizada no bairro Pinheiros e atende crianças desde o 1º ano de vida até a 5ª série do ensino fundamental, dos sete aos 12 anos.

A instituição dispõe em 2018 de dez bolsas integrais ou parciais, que se destinam a alunos do ensino fundamental 1, da 1ª a 5ª séries, sendo duas vagas para cada turma

Segundo Patrícia Furukawa, presidente do Conselho Diretor, o ano letivo de 2018 inicia com novos projetos. Um deles, segundo Patrícia, evidencia ainda mais o envolvimento e a responsabilidade social da instituição com a sociedade. “Neste ano, assim que direção assumiu, já demos início aos projetos, dentre eles, o de alunos bolsistas.”

O projeto está relacionado à lei 12.201, de 2009, - que dispõe sobre o processo de certificação das entidades beneficentes de assistência social para obtenção da isenção das contribuições para a seguridade social. Embasado na legislação, o projeto possibilita que a escola contribua diretamente com o bem estar social da comunidade, oferecendo oportunidade de estudo a crianças carentes.

Objetivo das bolsas

O programa de concessão concederá bolsas de estudos integrais (100% da anuidade) e parciais (50% da anuidade) aos alunos cujas famílias se enquadrem em condições socioeconômicas desfavoráveis previstas na lei 12.201/09.

A instituição dispõe em 2018 de dez bolsas integrais ou parciais, que se destinam a alunos do ensino fundamental 1, da 1ª a 5ª séries, sendo duas vagas para cada turma. As famílias interessadas na concessão das vagas deverão participar do processo seletivo, conforme edital publicado pela Nossa Escola.

Os interessados em participar do processo devem preencher requisitos básicos, entre eles: ter idade entre sete e 12 anos, ser membro de uma família cuja renda bruta mensal per capita não exceda o valor de um e meio salário mínimo (bolsas integrais), ou, ser membro de uma família cuja renda bruta mensal per capita não exceda o valor de três salários mínimos (bolsas parciais).

Objetivo do projeto

Segundo a presidente do conselho, o projeto das bolsas visa proporcionar um ensino de qualidade para pessoas que não tenham condições financeiras para arcar com as despesas das mensalidades. Além disso, o grande papel das bolsas é ir além, oferecendo a essas crianças a chance de um futuro promissor de crianças por meio da educação.

“Com isso, queremos firmar o compromisso educacional da escola com a sociedade, já que foi com este viés social que ela foi criada, cumprindo seu papel enquanto papel privada sem fins lucrativos”, salientou Patrícia.

Para a presidente, a escola é uma grande parceira na vida e na formação educacional das crianças. E um dos pilares da instituição é formar profissionais e futuros cidadãos. “A educação é fator imprescindível para uma mudança positiva na sociedade. E a escola tem a importante tarefa de orientar as crianças, de guia-las e ajuda-las a transformar seus sonhos em realidade, em projetos a serem realizados no decorrer de toda a sua vida.”