Cultura

Neri Bocchese e netos vencem prêmio de literatura

Certificado Graciliano Ramos de Honra ao Mérito foi entregue no fim de semana, em Maceió
Victória, Gustavo e Neri, com o certificado da premiação (Foto: Acervo pessoal)

A professora e pesquisadora de Pato Branco, Neri França Fornari Bocchese, recebeu no último fim de semana em Maceió, Alagoas, o Certificado Graciliano Ramos de Honra ao Mérito, prêmio concedido pela Associação Internacional de Escritores e Artistas (Literarte). Neri recebeu a comenda pela participação em uma antologia a respeito de Graciliano Ramos, o homenageado da premiação realizada anualmente. 

Na ocasião também foram premiados Victória e Gustavo Bocchese, netos de Neri, que foram premiados na categoria poesia. Além do certificado, os premiados também ganharam medalhas. Os três também receberam troféus de melhores do ano de 2018, durante o mesmo evento que foi realizado nos dias 03 e 04, na sede do Rotary Club. O evento contou com a parceria da Academia Maceioense de Letras. 

Do concurso, participaram autores do Brasil e da Argentina. As poesias de Victória e Gustavo também foram expostas em Portugal, durante a segunda edição Expo Itinerante Internacional. 

No ano passado, Gustavo já havia vencido o prêmio na categoria revelação infantil. Victória participou pela primeira vez, segundo a avó, que participa do evento com frequência.

Além deste, Neri já venceu vários prêmios de literatura em sua carreira de escritora e pesquisadora. Porém, ela comenta que este foi especial. “Foi o melhor prêmio de todos, pois estava junto com eles”, justificou. 

Neri é membro da Academia de Letras e Artes de Pato Branco (Alap), e já lançou mais de dez obras próprias, a grande maioria relacionada a história do município de Pato Branco. Além disso já participou de muitas outras antologias, lançadas em diferentes países. 

A Literarte
Com sede em Cabo Frio, Rio de Janeiro, a Associação Internacional de Escritores e Artistas foi fundada em 2010 com o objetivo de divulgar o trabalho de escritores e artistas plásticos do Brasil e do mundo.   

Conforme a página da entidade na internet, a Literarte foi fundada e idealizada pela comendadora Izabelle Valladares “e nasceu da necessidade dos escritores e artistas apresentarem suas criações ao público alvo e de propagar sua produção ao mundo”.

Classificados