Esportes

Na Ponte Preta, Roger pode ser suspenso por comemorações em clássico com Guarani

A vitória por 1 a 0 sobre o rival Guarani, no último domingo, no dérbi 194, ainda repercute na Ponte Preta e pode ter mais uma consequência. O atacante Roger foi flagrado comemorando após a partida com um brinquedo de uma galinha de borracha, fazendo alusão ao apelido pejorativo ao qual a torcida pontepretana se refere ao rival.

Os gestos do jogador podem render uma punição no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por incitação à violência, o que pode render uma multa ao clube e afastamento do jogador por um período de até dois anos.

A própria Ponte Preta divulgou, em suas contas nas redes sociais, imagens do atacante comemorando junto aos torcedores, com a galinha de borracha na boca. Líder e capitão do time, o jogador de 34 anos nunca tinha vencido um dérbi, em cinco participações. Ele é de Campinas, revelado na base do clube e torcedor confesso. Além disso, nunca balançou as redes contra o rival.

A vitória no dérbi deixou a Ponte Preta na sétima colocação na Série B, com 23 pontos, em sétimo lugar e de olho numa vaga no G4. De quebra, ainda complicou ainda mais o Guarani na briga contra o rebaixamento. O Bugre é o lanterna da competição com 13 pontos, dois a menos do que o Vila Nova, primeiro time fora da zona da degola.

Na quinta-feira, a Ponte Preta vai enfrentar o Figueirense, em Florianópolis (SC), pela 16ª rodada. Não vai ter Roger e o volante Edson, suspensos com três cartões amarelos, nem o zagueiro Renan Fonseca e o lateral-esquerdo Guedes, vetados pelo departamento médico.

Classificados