Especial

Monumentos espalhados pelo Sudoeste mantêm viva a Revolta dos Posseiros

Sejam nos grandes territórios ou nos pequenos espaços, a busca pela terra tem permeado os maiores e mais violentos conflitos do mundo. No Sudoeste do Paraná, muitas gerações não se recordam, porque a história não tem a repercussão que merecia ou porque muitos dos que viveram aquele tempo já partiram. Mas é de extrema relevância que a Revolta dos Posseiros de 1957 seja valorizada e entendida pela sociedade.
Os monumentos em homenagem aos Posseiros simbolizam a luta e valorizam o povo do Sudoeste (Foto: Helmuth Kuhl)

Sejam nos grandes territórios ou nos pequenos espaços, a busca pela terra tem permeado os maiores e mais violentos conflitos do mundo. No Sudoeste do Paraná, muitas gerações não se recordam, porque a história não tem a repercussão que

Atenção! Você já atingiu o limite diário de visualização de notícias. Torne-se um assinante!

Classificados