Região

Marmeleiro adota ações conjuntas de combate à erosão

Na sala de reuniões do gabinete: Guilherme Baggio, Andrei Oliveira, Marcos Paloschi, Jaimir Gomes e Altair Gabriel definem ações para o programa municipal de combate a erosão em Marmeleiro (Foto: Assessoria)

Durante uma reunião na prefeitura de Marmeleiro com o prefeito Jaimir Gomes; o vice-prefeito, Altair Gabriel; o diretor de Agricultura, Guilherme Baggio; ao lado do diretor de Meio Ambiente, Andrei Oliveira; e do chefe da Emater de Marmeleiro, Marcos Antônio Paloschi, foi dado início a um programa interligado de Combate a Erosão no Município.

O objetivo é oferecer aos agricultores palestras técnicas, Dias de Campo, orientações com informações em várias mídias, ações que terão o apoio de entidades ligadas ao setor.

De acordo com Baggio, “a intenção é buscar parcerias técnicas e recursos para ampliarmos o trabalho de conscientização junto aos agricultores para que as práticas de conservação do solo sejam retomadas em muitas propriedades rurais no município”.

Paloschi lembrou que há uma preocupação das entidades e dos próprios agricultores, que tiram o seu sustento dos solos agrícolas, com os danos causados pela erosão, principalmente nesta safra 2017/2018.

“Não se tinha observado um estrago desta proporção, como o ocorrido no período. É realmente dramática a situação, porque está visível a olho nu. É erosão laminar e em sulcos, muitas vezes, tão profunda a ponto de dificultar o trabalho das máquinas agrícolas em vários locais. E isso foi provocado por uma associação de fatores que contribuíram para aumentar o impacto da chuvas intensas, presenciado na primavera de 2017, algo anormal. Por isso, precisamos urgente retomar alguma práticas de conservação de solo”, considerou.