Segurança

Maníaco sexual é reconhecido por vítimas

A delegada Franciela preferiu não divulgar maiores detalhes para não atrapalhar as investigações (Foto: Arquivo DS)

Após ser identificado pela Polícia Civil, um homem que andava nu em Pato Branco e mostrava o órgão genital para mulheres, foi reconhecido por quatro vítimas através de vídeos que circulam pelas redes sociais e imagens de câmeras de monitoramento. Além disso, foi apreendido um Gol, cor prata, que ele utilizava nos atos obscenos e importunação sexual. O acusado está em viagem e ainda não foi localizado.

A delegada Franciela Alberton Biava, da Delegacia da Mulher, informou que o maníaco sexual foi reconhecido pela sua convivente através dos vídeos e roupas, que também foram apreendidas. Ele adulterou a placa do veículo com o objetivo de não ser identificado.

Franciela acredita que tenha mais vítimas e pede que elas comparecerem na Delegacia da Mulher de Pato Branco para comunicarem o fato, a fim de comprovar a gravidade da ação do tarado e seu risco para a sociedade. O acusado já tinha passagens por outras cidades pelo mesmo fato.

A delegada está ouvindo as vítimas e realizando diligências para depois tomar as demais providências cabíveis sobre o fato. Ela preferiu não divulgar maiores detalhes sobre o caso para não atrapalhar as investigações. O acusado deverá responder por importunação sexual e adulteração de sinal identificador de veículo.

Classificados