Segurança

Homicídio em Pato Branco

Crime ocorreu na tarde deste sábado (15), perto do Ginásio Dolivar Lavarda
[""] (Foto: Reprodução / Whatsapp)

(ATUALIZADO)

Um homem foi morto, após ser baleado com vários disparos, nas proximidades do Ginásio Dolivar Lavarda, no Complexo Frei Gonçalo, em Pato Branco, na tarde deste sábado (15).

Conforme testemunhas, Laudecir Vargas, de 38 anos, estava próximo a pista de skate com seu filho quando dois homens se aproximaram e descarregaram suas armas sobre a vítima, que veio a óbito no local.

Na sequência, enquanto os elementos fugiam, a criança procurou sua mãe para informar sobre o ocorrido.

Conforme informações do 3º BPM, que atendeu a ocorrência, os autores dos disparos e as armas já foram encontrados e detidos. Amauri Friede e seu filho Mauri Júlio Friede confessaram no momento da prisão a autoria dos disparos. Eles seguem presos e vão responder por homicídio qualificado.

Esse é mais um crime devido a uma briga de família. No dia 25 de agosto de 2016, Gabriel Vargas, que era irmão de Laudecir, foi assassinado com um tiro de espingarda dentro do ginásio, enquanto jogava futsal. Ambos, já neste crime, foram indiciados por homicídio qualificado, a dupla foi indiciada pelo Ministério Público e o processo segue em andamento.

Em março deste ano, Mauri registrou a ocorrência de ter sido vítima de disparo por arma de fogo, mas não há provas de quem foi o autor do disparo.

Várias pessoas serão ouvidas durante o inquérito do homicídio de Laudecir, entre testemunhas e parentes das vítimas e dos criminosos.

Apreensões

Na busca pelos autores dos disparos, as equipes RPA e CPU realizaram abordagens em duas residências, nas quais, além de prender pai e filho, apreenderam armas e munições: como uma pistola calibre 180 com cinco munições, um revólver calibre 38 com seis munições. Uma delas é furtada, e por isso eles também responderão pelo crime de receptação.

 


 


 

Classificados