Pato Branco

Frei Nelson é sepultado em mausoléu franciscano

No início da noite desta quarta-feira (18), frei Nelson Rabelo foi sepultado em mausoléu franciscano construído no terreno ao lado da igreja matriz São Pedro Apóstolo em Pato Branco, reunindo centenas de católicos.

O religioso faleceu na tarde da terça-feira (17), no Hospital Policlínica Pato Branco, devido a problemas de saúde. Diretor da Rede Celinauta de Comunicação, Nelson Rabelo completaria em dezembro 77 anos, dos quais boa parte vivida em Pato Branco e dedicada à vocação religiosa e às comunicações.

Diagnosticado com câncer no início deste ano, frei Nelson se submeteu a uma cirurgia para a retirada de um tumor no cérebro. Após o procedimento, iniciou também sessões de radioterapia. Durante o tratamento, mostrou melhoras no quadro de saúde, contudo, seu quadro clínico se agravou nos últimos dias.

A celebração de corpo presente foi presidida por Dom Edgar Xavier Ertl, concelebrada por Dom Frei Severino Clasen (Diocese de Caçador) e contou com diversos concelebrantes, padres da Diocese de Palmas e Francisco Beltrão, e freis de paróquias franciscanas próximas e do representante da Província Franciscana da Imaculada Conceição, frei Gustavo Medella.

Velório e sepultamento

O velório e as homenagens de fiéis e amigos se iniciaram ainda na noite da terça. Pela madrugada, grupos e movimentos da igreja se revezaram em orações.

Durante a quarta, três celebrações foram programadas, além da de corpo presente às 18h – uma às 12h e a primeira, às 7h, celebrada por frei Policarpo, confrade que por mais tempo conviveu com Nelson.

Após a celebração de corpo presente, frei Nelson foi sepultado no mausoléu franciscano, onde já foi sepultado frei Vitalino Turcato. No entanto, restos mortais de frei Sérgio e frei Florentino Barinuevo que estavam no Cemitério do bairro Bortot foram transladados para a matriz durante o velório do religioso e também depositados no mausoléu.