Brasil

Família ligada à morte de jogador é transferida para penitenciária

O empresário Edison Brittes, conhecido como "Juninho Riqueza", que confessou ter matado o jogador Daniel Freitas, ex-atleta do São Paulo e Coritiba, foi transferido na tarde desta quinta-feira, 8, para o Centro de Triagem I, em Curitiba. A mulher dele, Cristiana, e a filha, Allana, foram encami

Atenção! Você já atingiu o limite diário de visualização de notícias. Torne-se um assinante!

Classificados