Pato Branco

Em PB, já é possível cadastrar CNH Digital

Segundo Marilene Meneguzzo Schnornberger, chefe da 5ª Ciretran, a procura nos primeiros dias foi boa e deve aumentar no decorrer do mês
["\u201cEu j\u00e1 tinha feito o download do aplicativo e estava aguardando o Paran\u00e1 oferecer essa op\u00e7\u00e3o de CNH\u201d, contou a jornalista "] (Foto: Rodinei Santos )

A jornalista Laiane Carniel foi a primeira motorista de Pato Branco a emitir o novo modelo de habilitação, a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) Digital na área de abrangência da 5ª Ciretran.

“Eu já tinha feito o download do aplicativo e estava aguardando o Paraná oferecer essa opção de CNH que, em minha opinião, além de facilitar, vai ajudar os motoristas a evitarem multas por não portarem o documento, tendo em vista que às vezes podemos até esquecer a CNH em casa, mas é difícil esquecermos o celular”.

“Eu já tinha feito o download do aplicativo e estava aguardando o Paraná oferecer essa opção de CNH”, contou a jornalista

A partir desta quinta-feira (1º), os motoristas paranaenses começaram a ter acesso, gratuitamente à versão eletrônica. Em Pato Branco, Paulo Ricardo Morais, chefe do setor de habilitação na 5ª Ciretran, disse que Laiane foi a primeira a ser cadastrada no município, e que, logo no primeiro dia, outras quatro pessoas já procuraram o serviço e efetuaram a alteração.

Segundo Marilene Meneguzzo Schnornberger, chefe da 5ª Ciretran, a procura nos primeiros dias foi boa e deve aumentar no decorrer do mês, porém, grande parte dos que buscam informação quer saber como irá funcionar e ainda têm duvidas quanto o uso do documento digital.

O aplicativo da CNH-e está disponível para IOS e Android. Na prática, para obter a versão digital o motorista precisa ter o novo modelo de habilitação, que passou a vigorar em 2017 – aquele onde, na parte de trás, há o QR Code. Depois, o motorista deve ir ao Detran para cadastrar os dados necessários. Pronto. Agora basta o usuário baixar o aplicativo no celular e entrar no Portal de Serviços do Denatran (portalservicos.denatran.serpro.gov.br) realizar o cadastro lá e fazer a ativação da CNH Digital. Quem não tem esta versão impressa, pode emitir a segunda via do documento, que custa R$ 82,36, ou esperar o prazo de renovação da habilitação.

Passo a passo para solicitar a CNH-e:

Atualizar o cadastro no Detran, informando e-mail e telefone.

Acessar o Portal de Serviços do Denatran e realizar o cadastro.

Ainda no Portal de Serviços do Denatran, abrir o menu "CNH Digital" e clicar em "Ativação" para receber o e-mail com o código de autenticação.

Baixar o aplicativo "CNH Digital" no celular. O primeiro acesso será com o código de autenticação, depois será possível gerar uma nova senha com quatro dígitos.

Certificação digital: quem tiver um certificado digital, como o e-CPF, não precisa comparecer a uma unidade de atendimento do Detran para a atualização de dados e pode fazer a solicitação diretamente no portal do Denatran, seguindo as etapas a partir do passo 2.

Classificados