Saúde

Disfunção temporomandibular: você sabe o que é isso?

A desordem temporomandibular é a segunda causa de queixa de dor na coluna
[""]

Antigamente não se falava tanto nesse assunto, mas devido a alterações corporais do ser humano, por meio das mudanças ambientais e sociais, entre outros fatores, houve uma grande necessidade de esclarecer e tratar a população afetada pela dor temporomandibular.

Sabemos que nossa estrutura vertebral é responsável por nos manter eretos. Temos o crânio ao topo na ponta da coluna cervical, e é nele que ocorre o problema que dá título a essa matéria.

Homens e mulheres estão sentindo muita dor nessa região por causa de uma alteração no equilíbrio ósseo muscular, o qual faz com que ocorra uma mudança na posição neutra da coluna.

É nesta articulação que ocorre algumas das principais atividades do dia a dia, como alimentação, comunicação e expressão facial. Essas funções são comandadas pelos músculos mastigatórios, e qualquer disfunção causa deslocamento uni ou bilateral das estruturas envolvidas.

Os pacientes relatam algia (dor) nos músculos da coluna cervical e face r, em casos mais graves, sentem algia em região de ombros e braços. Os sintomas mais comuns são: limitação da amplitude de movimento; a anteriorização da cabeça (cabeça para frente); a hiperatividade dos músculos flexores do pescoço; sensibilidade muscular a palpação a ATM (articulação temporomandibular); sinais de limitação do movimento bucal e/ou cervical; e ruídos articulares e/ou incoordenação de movimentos.

Há também estudos que comprovam que essas alterações se dão devido a problemas nas vias aéreas, na ATM e na posição da cabeça e da coluna cervical.

Hoje em dia, o trabalhador executa várias tarefas ao mesmo tempo e ainda atua por horas extras com a postura incorreta em sua função. Esses fatores, aliados a movimentos repetitivos, estão intimamente associados ao surgimento de dor.

Vale lembrar que essa disfunção crânio cervical pode estar associada à tensão, ansiedade e estresse diários, e acaba por diminuir drasticamente a produção das atividades do dia a dia devido as afecções que aparecem quando não há  prevenção ou tratamento multidisciplinar.

O Método Pilates está sendo muito usado para tratar essas conformidades que vêm aparecendo no ser humano. Por ser um método de baixa intensidade, não há impacto brusco das articulações, faz com que o praticante tenha melhora significativa, pois o instrutor irá traçar um plano de tratamento perante coleta de dados (anamnese) e exame físico.

O método trabalha muito a consciência corporal e a busca do melhor e adequado alinhamento sem gerar sobrecarga nas articulações e estruturas adjacentes. Ele também traz fortalecimento muscular, alongamento corporal e trabalha com seis princípios: controle, concentração, precisão, centralização, fluidez e respiração.

Dentro da centralização, a instrutora trabalha com a ativação do Power House ou também chamado de musculatura do core. Com o recrutamento muscular, o praticante poderá executar os demais exercícios da prática sem sofrer sobrecarga ou compensações.

No Pilates usa-se muitos comandos, e um deles é o crescimento axial, ou seja, levar a base do crânio para cima, como se estivesse alongando a cervical.

Estudos mostram que o Método Pilates transmite ao praticante a melhora do humor e, perante esse benefício, o praticante com desordem temporomandibular não terá os desequilíbrios musculoesqueléticos, como os tensionamentos do apertamento dentário. Consequentemente, é minimizada a dor.

Para concluir, os hábitos posturais inadequados executados durante toda a vida, o sedentarismo provocado pela evolução do mundo moderno e o uso assimétrico do corpo humano fazem com que tenhamos, com o passar do tempo, um desequilíbrio do sistema neuromuscular e alterações posturais.

A realização de um programa terapêutico para aumentar a consciência do corpo é fundamental para que o indivíduo tenha um bom comportamento postural, prevenindo sobrecargas na coluna e suas dores. No entanto, tudo será investigado pelo fisioterapeuta e será tratado da melhor forma.

 

Classificados