Pato Branco

Diário do Sudoeste comemora 33 anos com show do Radicci

(Foto: Divulgação)

Na próxima terça-feira (19), o Diário do Sudoeste comemora 33 anos de existência, e pretende celebrar a data com todos os seus leitores. Para isso, traz a Pato Branco o personagem mais querido das páginas de variedades: Radicci.

Na noite do dia 19, Carlos Henrique Iotti, o cartunista criador do Radicci, vem a Pato Branco para um standup comedy que será realizado no Clube Pinheiros, a partir das 19h30. Todos os assinantes do jornal estão convidados e têm direito a ingresso com acompanhante, basta retirar na sede do Diário do Sudoeste (veja endereço no box) o quanto antes, pois há limite de lugares. Será permitida a entrada a partir dos 12 anos, acompanhado de pais ou responsáveis.

O personagem Radicci foi criado por Iotti em 1983 para as páginas do jornal Pioneiro de Caxias do Sul (RS), incialmente como um super-herói das colônias, mas logo perdeu a capa, os superpoderes e passou a ser um colono da serra gaúcha narrando uma história de heroísmo e coragem, que é a saga da imigração italiana.

Com o tempo, Radicci se tornou um anti-herói baixinho, gordinho, beberrão, amante do ócio e da farra, simplesmente o oposto do estereótipo do imigrante italiano cantado em prosa e verso.

Junto com ele, e sempre tentando fazê-lo sair da cama para trabalhar, está a esposa Genoveva. Dessa união nasce o filho único, Guilhermino, uma espécie de contraponto ao pai. Ecologista, rockeiro e com posições políticas que vão do vermelho Che Guevara ao verde canabis sattiva, Guilhermino vive às turras com o pai e sob a eterna superproteção da mãe. Para completar o time, surge o Nôno, personagem que é o elo entre o passado e os dias atuais.

Deixando os quadrinhos de lado e focando no palco, Iotti diz que, durante a apresentação, vai tratar de commodities, políticas públicas e... mentira! O cartunista vai trazer o personagem Radicci ao palco, junto com Genoveva, Guilhermino e o Nôno. “São piadas do universo radicciano, como eu chamo, que os leitores do jornal já conhecem e que agora eu levo para o palco”, fala.

Dentro deste contexto, assim como nas tiras do Radicci, Iotti coloca em pauta a vida do colono, seu cotidiano e a forma como se depara com coisas modernas levadas pelo filho, como a internet.

A inspiração para formular o personagem e as piadas vem de “abrir a janela e olhar para rua. Moro em Caxias [do Sul], que não deve ser muito diferente de Pato Branco. Você vê uma pessoa de origem italiana e já começa a se inspirar”, revela.

Para ele, o Radicci é uma síntese desses tipos que a gente vê cotidianamente no armazém, numa roça. “Às vezes a gente tem um Radicci em casa, ou um Guilhermino, ou uma Genoveva. A inspiração vem do cotidiano”.

Por ser esse personagem emblemático, o Diário do Sudoeste o escolheu para comemorar essa data especial com todos nossos leitores. Venha participar com a gente!

Também, conversamos com Iotti sobre diversos assuntos atuais. A entrevista completa será publicada no caderno Almanaque Mais deste sábado.

 

Serviço

Aniversário de 33 anos do Diário do Sudoeste 

Standup Comedy com Carlos Henrique Iotti, criador do Radicci

Data: terça-feira, 19 de março

Horário: 19h30

Local: Clube Pinheiros

Ingressos gratuitos para assinantes.

Classificados