Brasil

Corpos são estendidos em rodovia no RJ em protesto contra operação policial

Um protesto contra uma operação realizada pela Polícia Militar em Angra dos Reis, na Costa Verde, na região sul do Rio de Janeiro, ocorreu na manhã desta sexta-feira, 24. Os manifestantes, da comunidade da Lambicada, levaram dois corpos para a BR-101, na altura do quilômetro 454, fechando as duas pistas da Rodovia Rio-Santos. Eles também atearam fogo em pneus.

Os corpos seriam de pessoas que morreram na última quinta-feira, 16, durante uma ação da PM, e que não teriam sido removidos pelo Instituto Médico Legal.

Em protesto, os moradores levaram os corpos em carrinhos de mão até a pista.

Em nota oficial, a assessoria de imprensa da Polícia Militar informou que, na noite de quinta-feira, policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) apreenderam armas e drogas na comunidade do Frade, em Angra dos Reis, mas ninguém teria morrido.

"Equipes policiais em patrulhamento na comunidade foram recebidas a tiros e ocorreu confronto", disse a nota. "Não houve relatos de feridos ou socorro feitos pelas equipes policiais."

Classificados