Entrevista

Coronel Vivida: Frank Ariel Schiavini avalia primeiro ano de mandato

Frank destaca que, apesar de muitas dificuldades, foi um ano de muitas conquistas e avanços em todas as áreas

Há alguns dias, o Diário do Sudoeste iniciou uma série de entrevistas com os prefeitos da microrregião de Pato Branco. Desta vez, a quarta matéria da série apresenta a avaliação do primeiro ano do atual mandato de Frank Ariel Schiavini (PMDB) à frente do município de Coronel Vivida. Ele foi reeleito em 2016, com 7.194 (51,47%) votos.

Como avalia o primeiro ano do atual mandato frente à administração?

Positivo. Apesar de muitas dificuldades — pela instabilidade política e econômica —, foi um ano de muitas conquistas e avanços em todas as áreas.

Quais foram as principais ações realizadas este ano?

Tivemos o asfaltamento em várias ruas da cidade, além de inovar com asfaltos no interior. Na saúde, por sua vez, houve construção e reformas de novas UBS (Unidades Básicas de Saúde), e aquisição de novos veículos. Quanto à educação, escolas municipais receberam reformas e ampliações.

A segurança dos vividenses também recebeu atenção, com a aquisição de mais câmeras de segurança. Em relação à Indústria e ao Comércio, houve geração de emprego e renda, com a inauguração da primeira Incubadora Industrial, situada no bairro Imaribo.

Na área da agricultura, houve aquisição de máquinas e equipamentos; enquanto na questão de moradias ampliamos programas habitacionais, visando atender à população que mais necessita.

Também houve, durante este ano, incentivo ao esporte, por meio de programas para alunos das escolas; ampliando para toda a família, como são os casos da Olimpíada Rural e do Interbairros.

Já o lazer e a recreação ficaram marcados pela realização da maior Expovivida realizada até então; bem como o Festival Gastronômico Sede do Sabor; o Arraiá Vividense; e o apoio para a realização da primeira edição do Rodeio Country no Município.

Como o município enfrentou as dificuldades financeiras tendo em vista a crise econômica e queda na arrecadação nas prefeituras?

Com planejamento, organização e responsabilidade na aplicação dos recursos públicos. Além disso, a busca incansável de recursos junto ao governo do estado e ao governo federal para investimentos no Município, visando melhorar a qualidade de vida dos vividenses.

Quais serão as prioridades para 2018?

Manter o equilíbrio fiscal para poder continuar com a máquina administrativa em funcionamento, atendendo as demandas da população; bem como continuar a busca incessante de recursos, melhorando a infraestrutura do Município em todas as áreas. Com isso, continuando o trabalho seguindo os princípios da administração pública.

Classificados