Pato Branco

Claudio Petrycoski recebe título de Cidadão Benemérito

Na noite desta sexta-feira (15), o empresário pato-branquense e presidente da Federação da Indústria do Estado Paraná (Fiep), Claudio Petrycoski recebeu o título de Cidadão Benemérito do Paraná — honraria concedida pela Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) —, por meio de proposição do deputado Guto Silva.

A solenidade ocorreu no Clube Pinheiros em Pato Branco e foi presidida pelo deputado Estadual, Ratinho Junior.

A honraria foi publicada em Diário Oficial do Estado em 27 de setembro de 2017, e segundo Guto Silva, que propôs a homenagem, “o título de Cidadão Benemérito é a maior honraria que a Alep, pode conceder”.

Ele destacou que a indicação de Petrycoski para o recebimento justifica-se pela sua biografia, trabalho na comunidade e o respeito que a comunidade tem pelo homenageado. “O Petrycoski tem uma imensa credibilidade na comunidade, é preocupado com a comunidade, sempre realizou trabalhos relevantes junto à Fiep”, elencou o deputado, pontuando ainda que o homenageado é bastante querido pela comunidade de Pato Branco, do Sudoeste e do Paraná como um todo, o que refletiu também na votação unânime para o título por parte dos deputados.

Prefeito anfitrião, Augustinho Zucchi destacou o privilégio de Pato Branco receber uma sessão solene da Alep. Com relação ao homenageado, Zucchi descreveu Petrycoski como “uma pessoa que representa além de sua competência profissional, da empresa que ajudou a construir. O Claudio representa a inserção cultural e social, com um grande diferencial. Sem sombra de dúvidas é um título merecido.”

Presidente licenciado da Fiep, Edson Campagnolo disse que Petrycoski é exemplo de vida em todos os aspectos, e revelou ter tido o privilégio de ter sido um discípulo dele no Sistema Fiep.

Emocionado, o homenageado da noite enfatizou o título a ele concedido é sem dúvida o mais importante entre todas as moções recebidas. “Tenho gratidão a todos os que me cercam na empresa ou nas entidades ao longo do tempo”, disse Petrycoski dividindo a homenagem com seus familiares, amigos e pessoas que com ele trabalham cotidianamente.

Para Petrycoski, “toda a vez que se tem um reconhecimento, é sinal de que se está andando no caminho certo. Este reconhecimento público, estimula a continuar nesta trilha [trabalho com a indústria].”

Claudio Petrycoski

Nascido em 1949, Claudio Petrycoski é filho de Theóphilo e Maria Luisa Petrycoski (Em memória) que migraram de Erebango (RS), para a então Vila Nova, hoje Pato Branco, para, inicialmente, realizarem trabalhos em funilaria, ferraria e consertos de fogões à lenha.

Desde a infância, Petrycoski acompanhou a produção de fogões. Ajudava a família na viabilização da produção semiartesanal de fogões à lenha, atuando em diversas áreas. Em 1985, passou presidir a Indústria de Fogões Petrycoski que, na época tinha 36 anos de atividades na produção de fogões à lenha.

Em 1988, teve início a produção de fogões a gás, sendo fabricadas 50 unidades por dia. Em 1991 a indústria passou a exportar fogões para a América Latina, tendo significativos avanços produtivos. Em 1993 eram fabricados 250 fogões a gás e 90 à lenha ao dia. Atualmente a Atlas Eletrodomésticos figura entre as maiores indústrias de fogões do país, com até 7 mil unidades produzidas ao dia.

Pela Associação Comercial e Industrial do Paraná, em 1994, Petrycoski recebeu o Prêmio Excelência Empresarial.

Em 1997, a Altas recebe com o Projeto Fênix, o Prêmio Top de Marketing, concedido pela Associação dos Dirigentes de Vendas do Brasil-Paraná (ADVB-PR), oportunidade em que Petrycoski recebeu troféu de reconhecimento pelas estratégias adotadas na modificação do nome e proposta de posicionamento da imagem e dos produtos da Empresa.

Já em 2001, Petrycoski recebeu do governador Jaime Lerner, a Medalha e o Diploma do Mérito Industrial, concedido pelo Sistema Fiep.

Petrycoski foi homenageado no Cietep, em Curitiba, pela conquista do Prêmio Top de Marketing 2002, reconhecimento pelo Projeto João de Barro, baseado em ações de endomarketing na Empresa. No mesmo ano, Claudio Petrycoski foi eleito para receber o Troféu Empresarial no Fórum Nacional de Líderes Empresariais, organização não-governamental, sediada em Belo Horizonte (MG).

Em 2004 recebeu a medalha do Mérito Industrial Nacional, concedido pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). Por sua vez em 2011 recebeu a Láurea Honra ao Mérito da Fiep.

Ao lado de 25 lideranças, em 2013 Petrycoski foi reconhecido no Fórum Nacional de Líderes, recebendo homenagem em São Paulo.

Em junho de 2018, assumiu a presidência da Fiep, entidade, que por muitos anos atuou como vice-presidente.

Classificados