Brasil

Chuva em SP bloqueia pontos da Marginal Tietê, Anhanguera e Tamoios

A Marginal Tietê, importante via da cidade de São Paulo, continua em estado de atenção para alagamentos na manhã desta sexta-feira, 5, por causa do acumulado de chuvas desde a quinta-feira (4). A via apresentava por volta das 7h30 três pontos de alagamentos na altura da Ponte das Bandeiras, pistas expressa, central e local.

A Rodovia Anhanguera também estava interditada, nos dois sentidos, na altura do km 36, região de Cajamar, por conta do alagamento. Já a Rodovia dos Tamoios está interditada em trecho de serra por risco de queda de barreiras. A chuva moderada atinge toda a capital paulista desde a madrugada e deve permanecer pelo menos até o final da tarde.

Pontos com alagamentos

No horário acima eram registrados dez pontos de alagamentos na cidade, sendo três apenas na Marginal Tietê. A Companhia de Engenharia de Trafego (CET) fez bloqueio junto à Ponte Jânio Quadros e desviou o trânsito para a pista local. A CET recomenda que se evite a Marginal Tietê neste ponto. Diversos pontos da cidade registram congestionamento.

Dois alagamentos forma registrados na Lapa, na zona oeste: um na Avenida Cardeal Santiago Luís Copello (ambos os sentidos) e outro na Avenida Engenheiro Roberto Zuccolo (ambos os sentidos). Em Pinheiros, há alagamento na Avenida das Nações Unidas (sentido Castelo/Interlagos), na altura da Rua Olivia Feder. É possível transitar em todas as vias.

A zona sul apresentava congestionamento na altura da Ponte do Morumbi, no sentido Castelo/Interlagos.

Rodovias

A Rodovia Anhanguera estava interditada nos dois sentidos, na altura do km 36, região de Cajamar, por conta do alagamento, segundo a concessionária Autoban, que orientou a utilização da Rodovia dos Bandeirantes.

Por volta das 3h desta sexta, a concessionária da Rodovia dos Tamoios interditou temporariamente um trecho de serra da pista por questões de segurança dos motoristas. A interdição vale para ambos os sentidos de tráfego.

O acumulado de chuva na região causou o risco de queda de barreiras no trecho. Os bloqueios acontecem na altura do km 58, no sentido litoral, e do km 81, no sentido São José dos Campos. A concessionária aconselha os motoristas a utilizarem a Rodovia Mogi-Bertioga e a Rodovia Oswaldo Cruz.

Metrô e trens

Os sites do Metrô de São Paulo e da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) informam que as operações ocorrem normalmente.

Bombeiros

Até as 5h13 dessa sexta, o Corpo de Bombeiros havia sido chamado para atuar em 68 ocorrências. Foram 38 de quedas de árvores, 12 de desmoronamentos ou desabamentos e 20 de enchentes ou alagamentos.

Previsão

A chuva, que começou na manhã da última quinta-feira, 4, após 28 dias de seca, é resultado da chegada de uma frente fria. Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas (CGE), a temperatura deve continuar despencando na capital paulista nos próximos dias, com expectativa de recorde de mínima. Para esta sexta, a previsão é de mínima de 11°C e máxima de 15°C.

O CGE informou ainda que a continuidade das precipitações aumenta as chances de novas formações de alagamento, deslizamentos e transbordamento de córregos e rios. Toda a cidade de São Paulo estava em estado de atenção na noite da quinta e madrugada desta sexta, mas o status foi restringido apenas à Marginal Tietê pelo CGE às 5h40.

O frio chega mesmo a partir da madrugada de sábado, 6, quando os termômetros devem registrar números médios em torno dos 6°C. Há expectativa de novo recorde de temperatura mínima para a capital paulista.

Classificados