Segurança

Carro e corpo carbonizados são encontrados em Ampére

(Foto: Divulgação PM)

No final da manhã dessa terça-feira (10), foi localizado em uma lavoura às margens da PR-182 e do trevo de acesso a Ampére, um automóvel Honda Civic, incendiado, além de um corpo carbonizado em seu interior.

A polícia trabalha com a hipótese de que o corpo encontrado no banco traseiro do veículo seja da gerente do banco Itaú de Realeza, Vanda Salete Crestani Cantelle, irmã do ex-secretário de Administração e Finanças de Pato Branco, Vanderlei José Crestani.

Vanda desapareceu na tarde da segunda-feira (9), após ter saído da agência por volta das 16h. Seu desaparecimento foi comunicado à polícia, por seu esposo na madrugada da terça e imediatamente iniciaram as buscas.

Entre os indícios que leva à polícia trabalhar com a hipótese de o corpo ser de Vanda é o fato do carro queimado ser de propriedade da sua família e que próximo ao automóvel queimado estava a bolsa da bancária com documentos pessoais.

Mesmo com esses indicativos, a polícia afirma que somente exames detalhados poderão confirmar se o corpo, que foi recolhido e encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) de Francisco Beltrão, é ou não de Vanda.

Para a Rádio Ampére, o delegado de Ampére, Fernando Zamoner afirmou que ainda na manhã da terça o trabalho de investigação se iniciou para elucidar o crime. “A equipe de investigação está a campo buscando informações”, disse o delegado, afirmando que as ações serão conjuntas das delegacias de Ampére e Realeza para buscar elucidar o mais breve possível o caso.