Pato Branco

Calouros pintam pátio de escola como parte de trote solidário

Todos os pavers ao redor da quadra de esportes da escola foram pintados pelos acadêmicos (Foto: Fernando Neres)

No dia 30 de agosto, o curso de engenharia civil da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) – campus Pato Branco, realizou um trote solidário, onde calouros do curso pintaram 400 metros de pavers do pátio da Escola Estadual São João, localizada no bairro Alto da Glória.

O trote, que contou com 25 pessoas participando, faz parte de um projeto de extensão da universidade, ocorre há quatro anos e busca possibilitar à entidades do município a manutenção do local. Segundo a coordenadora do curso de engenharia civil da UTFPR, Heloiza Piassa Benetti, são escolhidas para participar da ação, instituições carentes de manutenção. “Locais que precisam arrumar uma torneira, ajeitar uma porta e pintar alguma coisa, por exemplo. É uma ação que traz benefício para quem utiliza”, explica.

A escolha do local acontece antes mesmo de começar as aulas do semestre. Em conjunto com alunos do centro acadêmico do curso, o professor responsável pelo projeto, Gustavo Lacerda Dias, faz uma vistoria em entidades de Pato Branco para descobrir qual mais precisa de reparos.

O trote solidário já foi desenvolvido pelos acadêmicos no Lar de Idosos São Vicente de Paulo, no Missão SOS Vida e na Fundação Patobranquense do Bem Estar (Fundabem).

De acordo com Heloiza, ações como essa são organizadas durante toda a graduação na UTFPR, com o intuito de integrar os alunos com a comunidade, incentivando o trabalho comunitário.

Como são alunos que estão ingressando no curso de engenharia civil, muitos não possuem conhecimentos de como se pinta uma parede e por isso, o professor Normélio Vítor Fracaro, membro da equipe de ação do trote e que ministra a disciplina de Processos Construtivos dá todo o suporte de ensinar como fazer o trabalho.

A escola recebeu as melhorias de maneira gratuita, pois do laboratório de canteiro de obras da UTFPR foram retirados materiais e produtos necessários na ação. O que foi preciso comprar foi custeado pelo projeto de extensão.

Classificados