COPA2014

ATUALIZADA - Suspeito de liderar máfia de ingressos vai continuar a trabalhar, diz empresa

SÃO PAULO, SP - A Match Services, empresa associada à Fifa, confirmou que o diretor-executivo Raymond Whelan permanecerá no cargo, mesmo após ele ter sido preso -e posteriormente solto- sob a acusação de liderar uma quadrilha internacional de venda ilegal de ingressos para a Copa do Mundo.

Atenção! Você já atingiu o limite diário de visualização de notícias. Torne-se um assinante!

Classificados