Política

Apesar de atraso na licitação para recapeamento de pista, Zucchi mantém cronograma para início dos voos

Licitação da pavimentação da pista está em fase de recurso (Foto: Helmuth Kühl/Diário do Sudoeste)

Passados os 30 dias do afastamento determinado pela Justiça após ter sido deflagrada pela Polícia Civil a Operação Hígia, que foi coordenada pela 5ª SDP (Subdivisão Policial) de Pato Branco, Osmar Braun Sobrinho retomou suas atividades na Secretaria de Desenvolvimento Econômico.

Com o retorno às atividades por parte do secretário, o prefeito Augustinho Zucchi afirmou que o desejo é de que se cumpram os prazos inicialmente estabelecidos para a operação do Aeroporto Municipal Juvenal Cardoso, principal obra atrelada a secretaria gerida por Braun.

Em agosto a Azul, empresa que irá operar em Pato Branco, anunciou a intenção de início dos voos regulares ainda no primeira quinzena de novembro. Na oportunidade também foi divulgada a programação inicial de três voos semanais para a capital do Estado. A previsão atual é que os voos se iniciem em 14 de dezembro.

Evitando entrar no mérito da operação da Polícia Civil e por consequência do afastamento temporário de Braun da pasta, Zucchi defendeu que as obras do aeroporto estavam dentro do cronograma estabelecido inicialmente, passando a ter um pequeno atraso na licitação da pavimentação da pista, por esta estar com recurso em andamento.

Zucchi ressaltou que o retorno de Braun “à coordenação das atividades do aeroporto agiliza e muito os trabalhos”, destacando que o secretário detém todo o conhecimento técnico e é o contato com todos os órgãos reguladores.

Enquanto aguarda-se a conclusão da licitação da pavimentação da pista, equipamentos como o Raio X, esteira e as cadeiras do terminal de passageiros já estão em Pato Branco.

Secretaria Executiva

Nesta semana, o Executivo encaminhou para a Câmara Municipal de Pato Branco o projeto que visa a criação de uma nova secretaria, a Executiva.

Segundo Zucchi, nela vão estar relacionadas atividades que atualmente estão pulverizadas na Administração Municipal. “A Secretaria Executiva vai unir a Assessoria Legislativa, que faz a ponte entre o Executivo e o Legislativo, o departamento de Programas e Metas e a Captação de Recursos”, explicou.