Segurança

Adolescente planeja morte de familiares em PB

Um casal foi baleado na madrugada de quinta-feira, por volta das 3h, na rua Visconde de Guarapuava, bairro Pinheirinho, em Pato Branco, por um rapaz que invadiu a residência. Já uma amiga do casal, que estava dormindo no sofá, foi agredida a pauladas na cabeça por outros dois jovens. As vítimas foram socorridas pelo Samu e encaminhadas para receberem cuidados médicos. Um adolescente de 14 anos planejou a morte dos familiares e da amiga do casal que estava na residência. Segundo a polícia, ele que contou com a ajuda de dois amigos, mas felizmente as vítimas sobreviveram.

A Polícia Militar foi comunicada sobre o caso e levantou no local que tinham sido roubados R$ 650,00 da residência e uma vizinha viu três rapazes fugindo. O caso foi repassado para a Polícia Civil, que durante as investigações localizou um rapaz de 17 anos, que confessou ter atirado no casal e mostrou onde havia escondido um revólver calibre 38.

Crime planejado

O delegado Nilmar Manfrin da Silva, em entrevista coletiva no final da tarde desta quinta-feira, informou que um adolescente de 14 anos planejou matar a mãe, o padrasto e outra mulher que iria dormir na residência. As vítimas foram a uma festa e o menor reuniu dois amigos, de 16 e 17 anos e pegaram um revólver que estava na residência da família. A arma tinha somente duas munições e com planejavam matar também a visita, pegaram um taco e fizeram dois pedaços. Eles também colocaram veneno de rato e medicamentos dentro de um refrigerante para as vítimas ingerirem quando retornassem da festa.

Ao retornar da festa, o casal discutiu com o menor, que deixou o local. Eles e a visita ingeriram o refrigerante e o casal adormeceu no quarto e a visita no sofá. Os três rapazes entraram na casa de madrugada e o de 17 anos foi para o quarto acendeu a luz e atirou em direção ao casal. A mulher foi atingida na coxa da perna esquerda e o homem nos braços. Já os outros dois adolescentes pegaram os pedaços de taco e agrediram na cabeça a mulher que estava dormindo no sofá. As duas mulheres já deixaram o hospital.

Segundo o delegado, o menor de 14 anos teria planejado o crime devido aos constantes desentendimentos com a mãe e o padrasto. Os três rapazes tentaram fugir com um Pálio da família, mas colidiram contra outro veículo que estava na garagem. Com isso, eles fugiram a pé, um para cada direção. Os adolescentes de 14 e 16 anos ainda não foram localizados.