Segurança

3º BPM comemora os 164 anos da Polícia Militar do Paraná

Durante a solenidade, sete policiais militares receberam medalha por tempo de serviço (Foto: Adenir Brocco)

O 3º Batalhão da Polícia Militar (3º BPM), de Pato Branco, realizou na manhã da sexta-feira (10) uma solenidade em comemoração aos 164 anos da Polícia Militar do Paraná. Além do comandante do batalhão, tenente-coronel Robertinho da Luz Dolenga, estiveram presentes o vice-prefeito de Pato Branco, Robson Cantu, o deputado estadual Guto Silva, empresários, entre outras lideranças civis e militares. A solenidade foi marcada pela entregue de medalhas por tempo de serviço para sete policiais militares, sendo de prata (20 anos) e bronze (10 anos).

O tenente-coronel Dolenga disse que tradicionalmente comemoram no dia 10 de agosto o aniversário de criação da Polícia Militar do Paraná, que completou 164 anos, com uma história no Estado de atuação em vários momentos históricos, além de enaltecer o trabalho dos policiais militares em prol da segurança pública. “Os resultados são extremamente positivos, quando nos referimos à redução do número da criminalidade e violência. No ano passado, de acordo com anuário estatístico do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, o Brasil registrou um aumento no número de homicídios, sendo 55 mil, uma taxa de 30.2 para cada grupo de 100 mil habitantes. No Paraná, foram registrados no mesmo período 19.2 para cada grupo de 100 mil habitantes e no Sudoeste 13.2. Isso significa um trabalho forte da Policia Militar, uma atuação constante nos locais e horários de maior incidência de ocorrências, com empenho, trabalho inteligente e, sobretudo, o comprometimento dos policiais militares com a segurança pública”, destacou.

Em 2017 foram quase 64 mil mortes violentes no Brasil, destas 55 mil homicídios, principalmente no Rio Grande do Norte, Acre e Ceará. “É importante destacar que não é somente o trabalho policial que vai determinar uma redução, em relação a essa violência toda. Precisamos ter uma política econômica e social eficiente no País, com mais empregos e condições de vida a todos os brasileiros, bem como um sistema penitenciário que direcione os esforços de socializar os presos. Então, o trabalho deve ser conjunto, uma soma de esforços de todos os órgãos e entidades para que possamos ter um País melhor e menos violento para todos”, completou.

A comemoração dos 164 anos da Polícia Militar do Paraná teve ainda um passeio motociclístico, em Palmas, com mais de 100 participantes e uma competição esportiva que envolve os militares. Além disso, será realizado o baile da Polícia Militar no próximo dia 18, no Clube Pinheiros, em Pato Branco. “O baile tem por objetivo a integração com a comunidade. Os eventos são para que a população veja a Polícia Militar como instituição forte e que contribui para que o País progrida da melhor forma possível, sem violência e sem crime para a população”, concluiu Dolenga.

Classificados