COPA2014

2 - Funcionário terceirizado da Fifa é preso suspeito de comercializar credenciais

MARCELA BALBINO
RECIFE, PE - Um funcionário terceirizado do COL (Comitê Organizar Local) da Fifa foi preso no domingo (29), na Arena Pernambuco, minutos antes do início da partida entre Grécia e Costa Rica. O profissional, que não teve o nome revelado, comercializava credenciais com torcedores do lado de fora do estádio por R$ 150.
Segundo o coordenador do Centro Integrado de Comando e Controle Regional, delegado Alexandre Lucena, o funcionário estava com três credenciais -duas masculinas e outra feminina. A entrega do documento acontecia dentro do banheiro químico.
"Ele negociava o valor, ia para o banheiro, entregava a credencial e a pessoa entrava como trabalhador. Dentro da arena, a pessoa devolvia o documento e ia para a área da arquibancada esperar todos sentarem até sobrar alguma cadeira", disse Lucena. Ao todo, dez pessoas compraram a credencial.
Policiais infiltrados acompanharam toda a negociação do funcionário. Os compradores, disse ele, pagaram multas entre R$ 300 e R$ 600. O valor será repassado a instituições de caridade do Recife.
O suspeito foi encaminhado ao Cetel (Centro de Triagem), em Abreu e Lima. Ele responderá pelo crime de estelionato, segundo Lucena.
Questionado sobre a repetição do crime em outras partidas na Arena Pernambuco, o coordenador disse que isso está sendo investigado. 

Classificados