Bastidores
Bastidores 19 de fevereiro de 2019

Transição na Itaipu
Começa hoje ou ainda nesta semana a transição na Itaipu Binacional. O general Joaquim Silva e Luna assume a presidência no lugar de Marcos Stamm. Serão definidos os nomes para as diretorias de Administração, Coordenação, Financeira e Jurídica e o PTI (Parque Tecnológico de Itaipu). Os nomes devem ser publicados nas próximas edições do Diário Oficial da União. 

Indicações
Os atuais diretores da binacional são indicações de deputados federais paranaenses. Com encaminhamento da Reforma da Previdência ao Congresso Nacional, a expectativa é de que os partidos mantenham as indicações nas diretorias, mas nada está garantido.

Efeito Bolsonaro
O número de inscrições nos processos seletivos para formação de oficiais do Exército no Paraná e Santa Catarina aumentou 1.400%. Em 2017 foram sete mil inscritos e no ano seguinte, 15 mil. O serviço militar obrigatório segue tendência de crescimento e deve registrar índice histórico em 2019. No ano passado no Paraná, dos 7,8 mil inscritos, 82% afirmaram que seriam servir ao Exército. 

Eita!
“Se este governo der certo é porque todo o resto está errado” - do deputado federal Rubens Bueno (PPS-PR) , líder do PPS, sobre os primeiros 45 dias do governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL).

Adesão prorrogada
A Frente Parlamentar da Agropecuária indicou o deputado federal Sérgio Souza (MDB-PR) para ser relator da MP que prorroga até 31 de dezembro o prazo de adesão ao Programa de Regularização Ambiental. O programa vai tratar questões que devem ser adotadas por proprietários rurais, como iniciativas de recuperação ou conservação ambiental, para regularizar a sua propriedade.

Leniência no pedágio
As empresas do pedágio no Paraná devem fazer um acordo de leniência com Ministério Público Federal, no qual se comprometem a fazer todas as obras listadas nos contratos originais das concessões de 1998. Na lista estão duplicações e construção de terceiras pistas em trechos das rodovias do Anel de Integração.

Comissões
Ontem, a sessão da Assembleia Legislativa correu rápido e durou uma hora. O motivo: os deputados se reuniram com 1º secretário, deputado Luiz Cláudio Romanelli (PSB) e definiram os integrantes das 25 comissões permanentes do legislativo.

Exemplos
Duas cidades do Paraná deram exemplos nestes tempos bicudos e de falta de recursos. Em Morretes, no litoral, a prefeitura vai usar os R$ 87 mil que seriam gastos no carnaval na compra de equipamentos hospitalares. Em Tibagi, Campos Gerais, vai ter festa, mas com um corte abrupto das despesas. O desfile de rua foi cancelado e os concursos de marchinhas e escolha da rainha serão feitos pela internet. 

Exemplo fora
Em Bonito (MS), após consulta popular, os moradores decidiram usar os R$ 200 mil previstos para o carnaval na compra de ambulâncias.

Votar já
Dos 233 deputados consultados pelo Instituto Paraná Pesquisas, 73% afirmaram que este é o melhor momento de votar a Reforma da Previdência no Congresso Nacional. Já por regras iguais na reforma, independente do sexo, 67,7% são contras e 27,6% à favor. Os parlamentares também são contra (71,4%) que homens e mulheres tenham a idade de 65 anos para se aposentar. 

Militares e Judiciário
Agora, 83% são favor da inclusão dos militares, 89,1% também avaliam positivamente incluir os servidores e 91,1% são a favor da inclusão do judiciário. A pesquisa foi realizada nos dias 11 e 12 de fevereiro.

Bastidores 18 de fevereiro de 2019

Copel, nova empresa
O governador Ratinho Junior anunciou que a Copel terá uma nova empresa. A Copel Serviços vai atuar diretamente com iluminação pública nos municípios paranaenses interessados neste tipo de serviço, considerado um problema pela maioria das prefeituras.

Pacote de Obras
Ratinho Junior também adiantou a um grupo de prefeitos no Palácio que logo depois do carnaval no início de março, vai anunciar um pacote de obras de recuperação, conservação e manutenção das rodovias no Estado. Os trechos mais críticos serão os primeiros a receber as obras.

Melhores para morar
Doze cidades paranaenses estão entre as 100 cidades brasileiras melhores para morar. O índice Firjan de Desenvolvimento Municipal da Fundação Getúlio Vargas levou em conta emprego e renda, saúde e educação. Foram analisados 5.417 municípios. No Paraná, entre as 100 melhores do país: Apucarana (5º lugar), Toledo (7º lugar), Paranavaí (18º), Pato Branco (19º), Maringá (29º), Jandaia do Sul (51º), Campo Mourão (55º), Medianeira (61º), Curitiba, (74º), Francisco Beltrão (84º), Londrina (85º) e Marechal Cândido Rondon (88º).

O leite é nosso
Os secretários da Agricultura do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul definiram em Curitiba as estratégias na defesa e ampliação da cadeia produtiva do leite da região sul. Os três estados já produzem 38% do leite brasileiro e devem alcançar metade da produção nacional até 2020. Os secretários apontam que o Sul do Brasil é capaz de produzir um leite mais competitivo, só que para isso o setor deve passar por uma grande transformação: organização logística, melhoria da qualidade e redução de custos de produção.

Força em Brasília
O Paraná ganha força na Câmara dos Deputados em Brasília. Pedro Lupion (DEM) está cotado para ser vice-líder do Governo e Felipe Francischini (PSL) será o presidente da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) - a mais importante da Casa.

Pule no Paraná
O Estado começou a veicular sua primeira campanha institucional nas emissoras de TV. Os filmes com imagens os diversos pontos turísticos e com o mote "Pule no Paraná", pretendem aumentar as visitações no feriado de carnaval, de 1º a 6 de março.
 
Fiep e Guedes
A Fiep está listando as principais demandas do setor industrial e apresentar ao ministro da Economia, Paulo Guedes. O pedido foi do próprio ministro e a federação já mapeou os principais gargalos e fatores-chave para aumentar a competitividade da indústria paranaense. Eles compreendem áreas que vão desde educação até política econômica, passando por tributação, infraestrutura e inovação, entre outras. Com a lista nas mãos, Guedes a encaminhará a equipe econômica que buscará soluções e alternativas para vencer os entraves.
 
Restaurante popular
A Secretaria Estadual da Agricultura já adiantou que vai instalar um restaurante popular na região norte de Londrina. A administração caberá a prefeitura e para instalação só falta o ok do prefeito Marcelo Belinati (PP).
 
Audiências
A reforma administrativa proposta pelo governador Ratinho Junior e o fim da aposentadoria do ex-governadores serão temas de audiências públicas a ser convocadas pela Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa em data ser marcada.

Classificados