Pato Branco

Pato Branco está entre as 50 melhores cidades do Brasil

A notícia está na edição especial de setembro da Revista Isto É. No ranking geral, entre as cidades de porte médio, Pato Branco está na 25ª posição

Depois de assumir a 39ª posição entre as cidades mais inteligentes no cenário nacional, numa divulgação da Revista Exame há cerca de um mês, Pato Branco se confirma entre as melhores do Brasil. Dessa vez o anúncio foi na edição especial da Revista Isto É, de setembro.

No ranking geral, entre as cidades de porte médio, Pato Branco aparece na 25ª colocação. As cinco primeiras dessa lista são Itajaí (SC), Poços de Caldas (MG), Criciúma (SC), Jaraguá do Sul (SC) e Passo Fundo (RS).

Assessoria
Pato Branco é uma cidade com bons indicadores digitais.  Prefeitura trabalha na conclusão do Parque Tecnológico, estrutura voltada à pesquisa e incubação de empresas

A análise feita em parceria com o Austing Rating classificou e mapeou o nível de desenvolvimento econômico em 5.565 municípios do país. Os dados foram computados a partir de análises quantitativa e qualitativa e levou em consideração a evolução de 212 indicadores no período de dez anos, compreendido entre 2004 e 2014.

O foco do estudo para eleger as melhores cidades do Brasil se deu a partir de números relacionados às áreas social, econômica, fiscal e digital. As informações desses indicadores foram extraídas de fontes públicas, como o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), STN (Secretaria do Tesouro Nacional), Datasus, Denatran (Departamento Nacional de Trânsito), Ministério do Desenvolvimento, MDIC (Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio), entre outras.

A classificação dos municípios se deu em âmbito geral, englobando todas as cidades. Ficaram de fora apenas os municípios emancipados a partir de 1º de janeiro de 2013, num total de cinco.

Também houve análises por categoria, e assim, os municípios foram premiados conforme o tamanho populacional, divididos da seguinte forma: pequeno porte (até 50 mil habitantes), médio porte (de 50 mil a 200 mil habitantes) e grande porte (acima de 200 mil habitantes).

Indicadores sociais

Pato Branco também foi destaque no ranking geral que aponta as cidades com melhores indicadores sociais, ocupando a 27ª posição. As TOP 5 entre as cidades de médio porte são Balneário Camboriú (SC), Jaraguá do Sul (SC), São Caetano (SP), Bento Gonçalves (RS) e Poços de Caldas (MG).

Dentro ainda do indicador social, Pato Branco ficou em 26º lugar no subgrupo “Educação” e ficou na 46ª posição na “Atenção ao Jovem”. Essa análise indica a concentração de jovens na cidade e as ações que o Poder Público faz para melhorar a qualidade de vida deste público. O foco deve ser o esporte, educação, cursos profissionalizantes, incluindo até rampa de skate e ginásios. É analisado também o índice de criminalidade.

Neste subgrupo “Atenção ao jovem”, Francisco Beltrão ficou na primeira colocação do ranking das cidades de médio porte.

Indicadores digitais

Pelo levantamento dos dados, os pato-branquenses vivem numa cidade digital. Entre os top 50 no ranking geral, o município ocupa a 40ª posição nos indicadores digitais, e entre as cidades de médio porte, está na 8ª colocação.

Também aparece no ranking geral do indicador Mobilidade Digital, em 38º lugar. Entre as cidades de médio porte ficou em 9º lugar. Mobilidade digital aponta o percentual de computadores e celulares disponíveis nos domicílios. Outro fator importante é o acesso gratuito à internet.

Em Pato Branco, os tablets para alunos dos 4º e 5º anos, rede de fibra ótica, oficinas de robótica nas escolas, criação da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação e realização da Feira de Ciência, Tecnologia e Inovação (Inventum) são exemplos de ações que revelam a postura da administração municipal na democratização do acesso à tecnologia. Paralelo a isso, a Prefeitura trabalha na conclusão do Parque Tecnológico, estrutura voltada à pesquisa e incubação de empresas do setor.

Os resultados demonstram o trabalho em busca de um município melhor, e não param por aí. Pato Branco está no top 50 do indicador “Acesso digital ao Conhecimento”, na 48ª posição. Entre as cidades de porte médio assume o 11º lugar. Trata-se de escolas informatizadas e serviços públicos com foco on-line. Entre os avanços, a prefeitura implantou a rede de fibra ótica nos departamentos municipais, integrando as unidades de saúde com prontuário eletrônico e, ainda, viabilizou a realização do programa Olhar Seguro, com a operacionalização de 32 câmeras de vigilância em 26 pontos estratégicos da cidade.

Ainda há o Wi-fácil Pato Branco, instalado recentemente na praça Presidente Vargas, que possibilita acesso livre e gratuito à internet.

 

Cidade inovadora

No índice geral, Pato Branco ficou entre as 50 melhores do Brasil entre as cidades de porte médio. Segundo o prefeito Augustinho Zucchi, isso merece destaque e significa dizer que tanto a população quanto as políticas públicas do município estão em desenvolvimento moderno e sustentável. “O estímulo de uma premiação e referência como essa nos dá a concretização de que temos que avançar cada vez mais. Não podemos mais voltar para trás.”

Conforme Zucchi, tanto em nível tecnológico como prestação de serviços públicos, coletas de lixo, rede de fibra ótica, avanço na educação, urbanidade, entre outros fatores, Pato Branco é referência. “A Revista Exame e a Isto É detectam o que a nossa população sabe: a cidade cresce, de forma moderna, inovadora e com uma gestão pública de qualidade voltada aos interesses da população”, declarou.

Confira mais detalhes do estudo inédito com os municípios que mais se destacaram neste conjunto de indicadores, no site www.melhorescidadesdobrasil.com.br.

 

Confira o ranking geral das melhores cidades do Brasil

Neste primeiro quadro, os cinco primeiros municípios apontados pelo estudo. O Paraná ganha destaque com Curitiba.

 

TOP 50 - Geral (cidades de grande, médio e pequeno porte)

1º lugar – Curitiba (PR)

2º lugar – Joinville (SC)

3º lugar – Belo Horizonte (MG)

4º lugar – Maringá (PR)

5º lugar – Caxias do Sul (RS)

 

TOP 50 – Cidades de porte médio

1º lugar – Itajaí (SC)

2º lugar – Poços de Caldas (MG)

3º lugar – Criciúma (SC)

4º lugar – Jaraguá do Sul (SC)

5º lugar – Passo Fundo (RS)

25º lugar – Pato Branco